MC Nego do Borel cai na porrada com fã durante show

5 dias atrás, (dia 06 de julho de 2015) o MC Nego do Borel se envolveu em uma das maiores confusões do mundo da música do último ano, pelo menos. Um “fã” estava xingando e jogando pedras de gelo no MC Nego do Borel e nos seus dançarinos, o que deixou o Nego muito irritado. Depois de uma discussão acalorada e do público gritando “viado, viado” Nego do Borel perde totalmente o controle e literalmente pulou em cima do seu desafeto. Vejam os videos, detalhes e opiniões sobre toda essa confusão aqui.

Videos do ocorrido (com ângulos diferentes pra vocês verem melhor a confusão)

Video do DJ Perera falando sobre o comportamento do Nego do Borel:

Explicando melhor o ocorrido e comentários na mídia:
Os videos acima falam por si só mas muita gente acessa o site Imperador do Funk pelo celular com internet ruim então eu vou digitar aqui. Como dito no começo do texto, o MC Nego do Borel estava se apresentando pela enésima vez na Boate 021 (Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro), quando um homem passou a ofendê-lo insistentemente com xingamentos homofóbicos e racistas (segundo o site Ego, que citou a assessoria do cantor como fonte).
Até aí tudo bem, ele é um profissional, ignorou o playboy folgado até certo ponto, mas o racista não parou por aí. Passou também a jogar bebida e pedras de gelo no MC Nego do Borel e nos seus dançarinos. Aí não tem quem aguente, certo? Ele parou o show e começou a discutir com o “fã”, cujo nome ninguém conseguiu descobrir até agora. Os seguranças tentavam convencer o playboy a sair enquanto a discussão ia piorando, mas não tiveram coragem de tirar o cara da boate a força. Acredito eu que pra tentar se acalmar o MC Nego do Borel foi pro fundo do palco, ajeitou o sapato ou algo do tipo, e o público começou a vaiar e gritar “viado, viado, viado” (não sei se as vaias e xingamentos eram pro Nego do Borel ou pro playboy folgado), mas isso bastou pra que a discussão recomeçasse.
Mais uma vez o MC foi para a beirada do palco e começou a discutir raivosamente com o pseudo-fã. Não sei exatamente o que ele ouviu, mas algo o irritou profundamente. Ele gritou “Eu sei meu parceiro, mas eu caio na mão com ele”, e tentou pular do palco. Várias pessoas (seguranças e produtores, eu acho) tentaram segurá-lo, mas nego com raiva vocês sabem como é né, ele se debateu e conseguiu se soltar, dando uma voadora digna de filmes de kung fu no playboyzinho. Mas ele estava sozinho nessa briga, e pelo video ele parece ter caído e tomado umas belas porradas dos seus algozes. Em pouco tempo os seguranças tiraram ele da briga e colocaram de volta no palco, enquanto ele xingava furiosamente (ainda ao microfone, provavelmente por força de hábito hehe).
Uma coisa que me surpreendeu nessa confusão foi a reação da mídia. Grandes sites como Ego (da Globo.com), Terra, Uol, entre outros, escreveram sobre o assunto sem aquele preconceito que vemos normalmente contra os funkeiros. A Ego inclusive fez questão de entrevistar o MC Nego do Borel, não distorceu nada do que ele falou (ele pediu desculpas e disse que se arrepende, mas que no calor do momento não conseguiu se controlar). Não sei se o movimento funk está sendo verdadeiramente mais respeitado agora ou se não quiseram taxar o MC Nego do Borel de bandido funkeiro / vagabundo etc apenas porque ele é agora um artista da Warner e criticá-lo poderia atrair inimizades mais poderosas do que o comum. Seja como for fico feliz que dessa vez o nosso funk e seus artistas não foram crucificados.

Minha opinião pessoal sobre a briga:
Eu concordo plenamente com o DJ Perera da Detona Funk. O Nego não começou a briga, ele apenas reagiu depois de muitas ofensas (nego safado, viado, sabe-se lá mais o quê) e agressões físicas a ele e seus dançarinos (jogando pedra de gelo, bebidas). Só uma pessoa que tem sangue de barata ficaria quieta com tudo isso. Eu acho que os seguranças falharam monstruosamente ao não retirar o cara da boate depois de tudo que ele fez, não entendo porque não o fizeram.
Como vi em um comentário no Youtube:

Não tem que dar mole para playboy mesmo não. Engraçado que se fosse com os almofadinhas da Globo “neguin” já tinha subido uma tag #SomosTodosNegoDoBorel

A pessoa que escreveu isso disse tudo. A jornalista da globo sofreu racismo e o país inteiro se comoveu. Agora o MC Nego do Borel sofreu racismo e ainda foi agredido e não vi as pessoas de fora do mundo do funk defendendo-o. Sem falar que a maioria das críticas ao Nego no Youtube não foram pela atitude dele propriamente dita, mas sim por ele ser funkeiro. Muitos falavam: “Funk é lixo; quem é MC Nego do Borel na fila do pão? Volta pra favela que lá que é seu lugar; Volta pro zoológico” entre outras críticas sem nenhuma relação a briga propriamente dita, apenas estavam se aproveitando da situação pra criticar todos os funkeiros do mundo.

Ah sim e só pra finalizar, sobre os rumores sobre ele ser gay e por isso ter apelado com as ofensas homofóbicas, ele disse que não é gay e não teria problema nenhum em se assumir. Apesar de ele ter dado um selinho no MC Frank na abertura daquele clipe eu acredito que ele é 100% hétero. Esses rumores são conversinha desses pnc que gostam de difamar quem está na fama. E quanto mais o Nego do Borel caminha rumo ao mainstream mais vai se tornar alvo desse tipo de fofocas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.